VEGETARIANISMO: CAMINHO SEGURO PARA UMA VIDA SAUDÁVEL.

VEGETARIANISMO: CAMINHO SEGURO PARA UMA VIDA SAUDÁVEL.

Estamos prontos, biologicamente falando, para abolir a carne da nossa dieta. Porque tudo na natureza evolui, inclusive o organismo humano.

Ao compararmos o homem primitivo ao homem moderno, tanto no aspecto físico, quanto no aspecto intelectual e nas atividades cotidianas, teremos muita dificuldade de encontrar qualquer semelhança entre esses dois seres. Consequentemente suas necessidades nutricionais, não poderiam ser as mesmas. No entanto, o alimento mais consumido pelos nossos ancestrais, ainda é o principal alimento da nossa dieta: a carne.

A carne tornou-se um alimento impróprio para o estágio evolutivo em que nos encontramos. Esta conclusão é facilmente comprovada pela quantidade de doenças que acometem o ser humano, na atualidade: obesidade, colesterol alto, diabetes, doenças cardiovasculares, câncer e tantas outras. Estudos científicos comprovam, constantemente, os benefícios que uma dieta vegetariana proporciona à nossa saúde.

Uma dieta isenta, ou quase isenta de produtos animais é pobre em gorduras e rica em fibras, o que reduz o conteúdo calórico da refeição, auxiliando na redução e manutenção do peso ideal. A abundância de fibras também ajuda a eliminar o colesterol excessivo, além de reduzir o risco de desenvolver várias formas de câncer.

Melhora a disposição e energia, reduz o risco ou ameniza os efeitos de doenças degenerativas como osteoporose, obesidade e hipertensão, reduz os sintomas ou elimina alergias e artrites.

COM TANTAS VANTAGENS, PORQUE AINDA INSISTIMOS EM MANTER UMA ALIMENTAÇÃO INADEQUADA AO NOSSO ORGANISMO?

Uma resposta para “VEGETARIANISMO: CAMINHO SEGURO PARA UMA VIDA SAUDÁVEL.”

  1. Vegetariana convicta disse:

    Por que ainda existem muitos mitos a respeito desse assunto.
    As pessoas acreditam que uma alimentação saudável não pode ser saborosa. Ou ainda, que os vegetais são capazes de suprir nosso organismo com a proteína e o ferro necessários.
    São crenças que precisam ser desmentidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *